Landrover

Landrover

Glossário

Experience Land Rover

Glossário

Fique por dentro de termos usados pelas pessoas que aventuram-se no off-road e também pelos apaixonados pela direção 4x4.

Para acessar o termo desejado, clique na letra inicial da palavra ou role a página para visualizar todos os termos do glossário.

4X2

4X2

4x2 - 2WD, Two Wheel Drive, tração em duas rodas. Este termo se refere a veículos de quatro rodas com tração em duas. Grande parte dos veículos possui tração em apenas duas rodas, traseiras ou dianteiras.

4x4

4x4

4x4 - Four Wheel Drive, tração em quatro rodas. Este é um termo genérico usado para descrever um veículo com tração nas quatro rodas. O primeiro valor é a quantidade de rodas; o segundo o número de rodas com tração. A maioria dos veículos off-road tem inicialmente tração nas rodas traseiras, mas, por meio de um comando, pode-se engatar também a tração no eixo dianteiro, passando o motor a transmitir potência para as quatro rodas do veículo.

4x4 Full-time - Sistema em que é possível andar com o veículo sempre em 4x4.

4x4 hi - Tração nas quatro rodas, utilizando a relação longa (alta) da caixa de transferência. É geralmente usada para conduzir o veículo na cidade ou na estrada.

4x4 low - Tração nas quatro rodas, utilizando a relação baixa (reduzida) da caixa de transferência. Usada em caminhos em que a velocidade baixa seja necessária, como em subidas e descidas acentuadas (off-road).

4x4 Part-time - Sistema de tração nas quatro rodas em que a caixa de transferência não tem diferencial central ou acoplamento viscoso, obrigando a tração 4x4 ser usada somente quando fundamental e jamais em pistas asfaltadas ou em grandes velocidades.

A

A

ABS (Anti-lock braking system) - Sistema que capta qualquer diferença significativa na velocidade das rodas e previne seu travamento quando os freios são vigorosamente acionados. Funciona freiando a roda até ela quase travar, liberando a pressão e voltando a freiar. Sensores de velocidade nas rodas (skids) identifcam o ponto pré-travamento e acionam um gatilho para liberar a pressão antes que a roda trave. Esse ciclo repete-se várias vezes por segundo, com uma trepidação no pedal de freio para indicar que o carro está no "modo ABS".


Airbag (SRS) - Este mecanismo de proteção contra choques infla e esvazia bolsas de ar em uma fração de segundo durante uma forte colisão frontal. Os air bags limitam o movimento para a frente do tronco e da cabeça dos ocupantes dos bancos frontais. Os air bags são chamados de Sistemas Suplementares de Restrição (SRS, em inglês) porque são complementos - e não substitutos dos cintos de segurança. Todos os ocupantes devem usar o cinto de segurança sempre.


Altura do solo - Com o veículo parado, a altura do solo é a medida do ponto mais baixo do veículo (geralmente o diferencial ou o escapamento) ao chão. Uma altura do solo elevada permite que o veículo saia mais facilmente de situações extremas em off-road ou neve, sem danificar componentes localizados em sua parte de baixo.


Ângulo de dorso - É a possibilidade de ultrapassar um obstáculo sem que o fundo do veículo bata nele. Para o veículo ser considerado off-road, tal ângulo deve ter 20º, no mínimo.


Ângulo de entrada/ângulo de ataque - Quando olhamos o veículo de lado, este é o ângulo formado entre o solo e uma linha que vai do pneu ao pára-choque frontal ou outro componente de perfil baixo no veículo. Esse ângulo indica sua capacidade para subir declives íngremes sem danos. Também adianta a habilidade do veículo para passar sobre pedras e troncos sem que a frente da carroceria ou o chassis sejam danificado. Um veículo é considerado off-road quando esse ângulo é maior do que 30º. O guincho geralmente diminui o ângulo de ataque.


Ângulo de saída - Ao olharmos o veículo de lado, este é o ângulo formado entre o solo e uma linha que vai do pneu traseiro ao pára-choque traseiro, ou outro componente de perfil baixo. Da mesma maneira que o ângulo de entrada, o de saída indica da capacidade do veículo para sair de um declive ou obstáculo sem colidir/danificar o pára-choque traseiro, estepe ou pinos de reboque. Um carro é considerado off-road quando esse ângulo é maior do que 30º.


Articulação de eixo - Este termo indica a capacidade de uma roda se mover em relação à outra - p. ex., roda esquerda para cima e roda direita para baixo. É a medida da facilidade com a qual cada roda fica em contato com o solo (e mantém a tração) em uma pista muito ondulada.

B

B

Barra estabilizadora - Esta parte da suspensão é formada por uma barra de torção longa (basicamente, uma haste que pode ser torcida) montada atravessando lateralmente o veículo de uma roda à outra. Ao transferir a tração de um lado do veículo para o outro, a barra estabilizadora pode diminuir a inclinação (ou capotagem) durante as curvas. Veículos podem ter barras estabilizadoras frontais, traseiras ou ambas.

Bloqueio de diferencial - Dispositivo acoplado ao diferencial para mudá-lo de aberto para fechado. Serve para que as duas rodas fiquem ligadas e movimentem-se exatamente da mesma maneira. A utilização do diferencial bloqueado é importante em terrenos íngremes e escorregadios, nos quais o giro em falso de uma roda pode fazer com que o 4x4 tombe, podendo mesmo capotar. O bloqueio facilita sair de situações em que uma das rodas esteja sem apoio. O bloqueio pode ser acionado mecanicamente, eletricamente ou a ar. É importante ressaltar que, embora bloquear o diferencial ajude a aumentar a tração, isso deixa a direção mais dura em superfícies que exijam tração mais elevada, pois tende a forçar o veículo a andar em linha reta.

C

C

Cáster
- Esse ângulo descreve a inclinação das rodas da frente, quando vistas lateralmente, em movimento, do ponto mais baixo ao mais alto da suspensão - na verdade, é o ângulo entre uma linha vertical e o eixo de direção. Como ocorre com as cadeiras de escritórios e carrinhos de supermercado, que usam rodinhas para se mover mais facilmente, um alto grau de castor em um veículo faz com que as rodas se endireitarem mais rapidamente.

Chassis - Esse termo aplica-se aos elementos estruturais do veículo ou ao conjunto de componentes mecânicos ligados a seu quadro. Em veículos com monocoque, o chassis abrange tudo; excetuando as chapas parafusadas na carroceria do carro. Em veículos com quadro separado, o termo "chassis" aplica-se em geral ao quadro.

Chassis - Estrutura de aço que agrega o power-train e sustenta a carroceria. Ele apresenta como característica uma estrutura mais robusta que o monobloco.

Chassis Ladder Frame - Uma moldura desse tipo é como uma grande escada. Dois grandes "trilhos" paralelos com barras transversais conectando-os. Esse tipo de estrutura é usada em alguns veículos 4x4. Entretanto, existem diferenças na forma, estrutura e espessura dos seus diversos componentes.

Construção monobloco - É um tipo de carroceria que não necessita de um quadro (chassis) separado para dar força estrutural ou suporte aos componentes mecânicos do veículo. Um monobloco usa muitos elementos estruturais fortes, mas leves, como parte integral de sua construção.

Controle de aceleração rápida (em inglês, FTC) - Essa característica permite que o motorista acesse mais rapidamente toda a potência do motor. Ele dá ao veículo uma performance mais próxima de um carro de passeio e uma melhor aceleração, sem piora na performance off-road.

Controle de descida de ladeiras (em inglês, HDC) - Uma obra da engenharia única dos Land Rovers Freelander, Discovery e New Range Rover, o HDC mede a velocidade do carro por sensores nas rodas e automaticamente aciona os freios para manter uma velocidade controlada em uma descida. Essa velocidade fixa é automaticamente aumentada se o motorista considerar a situação adequada e pressionar parcialmente o acelerador. O motorista aciona o HDC por um interruptor no câmbio ou no console, no caso do Freelander, ou um botão no painel, no caso do novo Discovery.

Controle eletrônico de tração (em inglês, ETC) - Esse sistema avançado previne que as rodas girem em falso e aumenta a aderência na estrada e fora dela. Se derrapagens são detectadas, opera automaticamente freando a roda que gira e fazendo com que mais torque seja aplicado na roda do lado oposto, o que possibilita maior aderência para que o veículo continue na direção correta. O ETC também permite uma boa aceleração em situações de gelo.

D

D

Diferencial
- Uma caixa entre as duas rodas, traseiras ou dianteiras, que contém engrenagens e permite que as duas rodas se movimentem em velocidades diferentes quando o veículo faz curvas. Ele também permite que uma das rodas fique girando em falso sem que nenhuma potência vá para a outra. Praticamente todos os carros de passeio e os 4x4 mais antigos são assim. Também é conhecido como diferencial aberto.

Diferencial de escorregamento limitado (Torsen) - Esse diferencial tem um mecanismo que limita a diferença de velocidade entre as duas saídas. Um diferencial de escorregamento limitado garante que algum torque seja sempre distribuído para ambas as rodas, mesmo com pouca tração. Sistema usado do New Range Rover.

Distribuição eletrônica de freagem (em inglês, EBD) - Esse é um sistema avançado de freios que ajuda o motorista a manter o controle da direção e proporciona a melhor freagem em todas as condições. Funciona regulando a distribuição da freagem entre os eixos frontais e traseiros para manter a máxima eficiência dos freios caso o veículo esteja sujeito a condições de carga anormais. Elimina derrapagens em freadas bruscas.

DOHC - Motores com eixos duplos de comando de válvula usam dois eixos localizados em cada cabeçote. Um comando opera as válvulas de admissão e o outro as válvulas de escape.

E

E

Eixo cardã
- O eixo cardã transmite tração da transmissão para o diferencial. Um veículo 4x4 tem pelo menos dois eixos cardã - um em direção ao diferencial frontal e outro ao diferencial traseiro.

Eixo Rígido - Eixo que sustenta as rodas e os diferenciais.

Enfraquecimento do freio - Quando esquentam pelo uso intenso ou repetido, os freios geralmente têm sua eficácia diminuída.

F

F

Facão
- É o nome popular para erosão ou valeta mais profunda. O facão pode se formar por ação natural ou ser provocado pelo trânsito de veículos, que cavam inicialmente a canaleta com os pneus, deixando o lugar propício para a formação de erosões pelo efeito da chuva. Os pneus agrícolas conhecidos como "frontiera" são os campeões desse tipo de agressão ao ambiente, e são conhecidos como antiecológicos pelos estragos que causam.

Feixe de molas - É uma peça de aço (ou uma liga) longa, chata e flexível, curvada em um arco, que se flexiona quando forças agem sobre ela. Feixes de molas, geralmente usadas em pick-ups, são montados em eixos sólidos nos veículos.

Freio a tambor - Um freio a tambor usa um invólucro em forma de tambor, geralmente feito de aço fundido, que é conectado à roda e gira com ela. Dentro do tambor, há sapatas curvas que são friccionadas ao tambor interno para brecar. Freios a tambor são simples e muitas vezes eficazes, mas menos eficientes que os freios a disco em uso pesado ou solo molhado.

Freio Motor - Esse termo descreve a técnica de direção em que se diminui a velocidade do veículo tirando o pé do acelerador, particularmente em uma marcha menor (como primeira/reduzida). O freio do motor usa a compressão do motor e uma marcha baixa da transmissão para desacelerar o veículo.

Freios a disco - Esse tipo de sistema de freio consiste em um disco que gira à mesma velocidade que a roda a qual está ligado.

H

H

Hi-lift
- É o macaco ideal para uso em trilhas. Pode levantar um veículo até 1,5 metro, facilitando operações de resgate e manutenção, além de poder ser usado como guincho.

Homocinética - A homocinética é um eixo articulado e rotatório usado em suspensões independentes para transmitir tração de um diferencial para uma roda.

I

I

Inclinação da roda (câmber) - Em uma visão frontal do veículo, a inclinação da roda é o ângulo do pneu/roda comparado a uma linha vertical ortogonal. Quando o topo das rodas da frente está inclinado para dentro, a inclinação do veículo é negativa; quando é para fora, a inclinação é negativa.

L

L

Low Lock
- Todos os sistemas 4x4 integrais e a maioria dos sistemas 4x4 permanentes competitivos bloqueiam o diferencial central quando se engata o Low Range (sistemas parciais não têm diferencial central e acabam de fato ficando bloqueados em 4x4 High e 4x4 Low). A suposição é a de que, quando em 4x4 reduzida, você quer a tração extra de um diferencial central bloqueado. Entretanto, bloquear o diferencial central limita o Low Range ao uso off-road. Apenas os veículos Land Rover lhe dão a possibilidade de usar o Low Range e não bloquear o diferencial central.

M

M

Mola helicoidal
- Usada em sistemas de suspensão, uma mola helicoidal consiste numa barra de metal flexível (geralmente, liga de aço) moldada em forma de espiral. Ela pode ser comprimida e estendida repetidamente, sem deformação permanente. Sua função é suportar o peso do veículo.

Multilinks, wishbones - Esses termos referem-se aos diversos componentes da suspensão, que determinam a posição das rodas e eixos e restringem seus movimentos para melhor tração e dirigibilidade. A complexa relação entre os componentes da suspensão quando se movem é chamada de geometria da suspensão.

P

P

Patesca
- É uma roldana ou polia que, usada em conjunto com um guincho ou mesmo entre dois veículos, permite que a força empregada no resgate seja duplicada. Também é muito útil para direcionar o cabo de aço em resgates.

Peito de Aço - Acessório que proteje, em trilhas radicais, as partes dianteiras como barramento de direção e diferencial.

Pivô esférico - É uma junta flexível, composta de uma bola em um soquete. É mais comumente usado em suspensões porque suporta uma grande variedade de movimentos em duas direções.

Power Train - Esse termo descreve todos os componentes do veículo que produzem potência e a transmitem para as rodas - motor, transmissão, caixa de transmissão, eixo cardã, diferenciais, eixos e cubos de rodas.

Peso bruto do veículo - O peso bruto do veículo é uma combinação do peso do veículo mais a carga (incluído o peso do motorista - 75kg - e do tanque cheio). É o peso máximo recomendado pelo fabricante, com o qual o veículo pode rodar com segurança.

S

S

Semi-eixo - É um eixo rígido, que transmite tração do diferencial para as rodas.

Shimmy - Trepidação nas rodas dianteiras, que pode ser provocada por inúmeros fatores, como chassis trincado ou entortado, amortecedores gastos ou com defeitos, molas desajustadas ou "cansadas", rodas desbalanceadas, pressão diferente nos pneus dianteiros, câmber ou caster desajustados, caixa de direção com folga.

Sistema Ativo Anti-oscilação - Essa característica única e patenteada da Land Rover impede que o veículo incline a carroceria ao fazer curvas ou em situações de emergência (até certo limite). Também ajuda a manter a suspensão suave, dando mais conforto e garantindo, na estrada, uma performance similar à de um carro comum.

Snorkel (ou tomada de ar elevada) - Consiste em um tubo que estende a tomada de ar do filtro do motor para a posição mais elevada possível, protegendo-a da entrada de água em travessias mais radicais de rios e áreas alagadas.

Suspensão a Ar Eletrônica (em inglês, EAS) - Esse tipo de sistema de suspensão usa molas pneumáticas, controladas eletronicamente, para garantir que permaneçam constantes sob condições bastante variáveis de carga, resultando em um passeio o mais confortável possível, dentro e fora da estrada. Ajusta a altura do veículo (abaixa ou levanta), automática ou manualmente. É um dispositivo extremamente útil no caso de o veículo estar com seu fundo apoiado em um obstáculo.

Suspensão independente - Esse termo refere-se ao sistema de suspensão no qual cada roda é acionada separadamente e pode reagir de maneira independente aos solavancos. A suspensão não independente usa um eixo rígido para conectar a suspensão das duas rodas.

T

T

Travamento de freio
- Ao frear, o travamento descreve o ponto no qual um pneu começa a derrapar em uma situação de freagem de emergência. A força máxima de freagem de um pneu é atingida quando se está à beira do travamento; dessa forma, a menor distância de freagem é produzida quando os pneus traseiros e frontais são parados um pouco antes do travamento.

V

V

Vidros Alpine (Panorâmicos)
- São os vidros que se curvam para dentro do teto do Land Rover Discovery Defender. Quando dirigindo por um caminho montanhoso, esse vidro permite que você veja paisagens acima de você. Ele também faz com que mais luz entre no veículo, proporcionando um interior mais iluminado e arejado.

Jaguar Land Rover Limited: Registered Office: Abbey Road, Whitley, Coventry CV3 4LF Registered in England No: 1672070