Landrover

Landrover

Direção 4x4

Experience Land Rover

Extenda o 4x4

Ter um 4x4 é sinônimo de aventura, força e liberdade. Um veículo assim tem uma incrível habilidade de enfrentar a maioria das condições de terreno e clima que você encontrar.

Isso porque o 4x4 usa tanto os pneus frontais quanto os traseiros para tração, ou seja, ele emprega potência nas quatro rodas e não em apenas duas. Mas nem todos os 4x4 são iguais, e uma das escolhas a serem feitas é o tipo de sistema 4x4 de que você precisa.

Apesar de a escolha a ser feita depender especialmente de qual será o uso do veículo, há algumas características que podem tornar o veículo mais versátil.

Conheça algumas dessas características clicando nos links abaixo.

Diferencial

Diferencial

Todos os 4x4 usam pelo menos dois diferenciais. Esse conjunto de engrenagens transfere a tração da transmissão para as rodas, permitindo que as rodas do mesmo eixo girem em velocidades diferentes. Isso é muito importante, pois, quando um veículo faz uma curva, todas as 4 rodas giram em velocidades diferentes e seguem diferentes traçados.

Bloqueio de diferencial (eixo e central)

Bloqueio de diferencial (eixo e central)

Eixo: um sistema de bloqueio de diferencial trava as duas rodas do mesmo eixo fazendo-as girar juntas. Desse modo, cada roda recebe sempre a mesma quantidade de tração. Por exemplo, você não deve fazer uma curva em pista seca com bloqueio de diferencial.

Central: o bloqueio do diferencial central trava o eixo cardã dianteiro no eixo cardã traseiro, permitindo que os diferenciais dianteiros e traseiros recebam as mesmas rotação e força. Não se deve utilizar o bloqueio do diferencial em locais pavimentados.

4x4 part-time

4x4 part-time

O 4x4 part-time é o sistema mais básico. Ele dá ao motorista a opção de escolher entre 4x4 ou 4x2 no momento que desejar. Escolhe-se um sistema 4x4 parcial por ser simples, de menor custo de produção e, portanto, mais barato para o consumidor. Defensores do 4x4 parcial geralmente se referem ao menor desgaste dos componentes ao se usar o modo 4x2. Mas o esforço maior alocado no eixo de direção e nos pneus no modo 4x2 tende a neutralizar esse argumento.

4x4 part-time automático

4x4 part-time automático

O 4x4 part-time automático oferece um modo 4x2 em situações normais, um modo "4x4 automático" para condições difíceis. A opção 4x4 automática desse sistema é conveniente para muitos motoristas, tendo em vista que o sistema muda automaticamente para 4x4 quando o veículo detecta mudanças nas condições de dirigibilidade.

4x4 full-time (ou permanente)

4x4 full-time (ou permanente)

O 4x4 permanente é definitivamente um avanço em relação ao 4x4 full-time - ele não tem o modo 4x2. Você está sempre em 4x4, então não é necessário saber se as condições são para 4x2 ou 4x4, pois o sistema está sempre mandando tração para as quatro rodas. A Land Rover é pioneira mundial em 4x4 permanente, e seus engenheiros acreditam que esse sistema oferece vantagens na tração e na dirigibilidade comparado com outros sistemas.

Alguns sistemas 4x4 permanentes têm o auxílio da reduzida para obter mais torque nas rodas. A maioria deles também pode possuir diferencial central bloqueável para situações off-road difíceis. Na estrada, o 4x4 permanente automaticamente fornece tração onde é necessária sem a interferência do motorista. Durante o off-road, é possível, em alguns modelos Land Rover, bloquear o diferencial central e, se necessário, passar para marcha reduzida para maximizar tração e controle.

Ao colocar um diferencial central ou algum tipo de sistema viscoso de acoplamento entre os eixos frontais e traseiros, o 4x4 pode funcionar automaticamente, dependendo das condições de dirigibilidade. Esses sistemas detectam derrapagem das rodas e progressivamente travam os eixos frontais e traseiros para otimizar a tração. Nas situações em que haverá a necessidade de tração 4x4 intensa (ou seja, situações off-road), você pode engatar o 4x4 bloqueado e/ou 4x4 reduzido em praticamente todos

Caixas de transferências

Caixas de transferências

Como o nome sugere, a caixa de transferências repassa tração da transmissão para os eixos cardãs frontais e traseiros. Também tem duas relações de marchas que servem para todas as marchas do câmbio. Um câmbio automático de 4 velocidades oferece, por exemplo, oito marchas para a frente e duas relações de marchas para trás com uma caixa de transferências.

Para a utilização comum na estrada, é melhor manter a caixa de transferências em longa - em outras palavras, dirija o veículo como se você estivesse dirigindo qualquer outro carro que não tivesse a caixa de transferência. Para condições off-road, em baixa velocidade ou algumas situações de reboque em estrada, você pode querer mudar para reduzida, basicamente aumentando o torque nas rodas e dando maior controle nas descidas.

Seja rebocando um barco pesado em uma subida, seja descendo ladeiras íngremes, a marcha reduzida pode dar uma clara vantagem sobre a normal, pois evita danos à embreagem.

Qual é o melhor?

Qual é o melhor?

Então, qual o melhor sistema para você? Se o seu veículo passará a maior parte do tempo na estrada e não vai enfrentar condições extremas, você pode considerar um 4x4 parcial. Mas pense em chuvas, tempestades ou mesmo neve (viagens pelo extremo sul da América Latina, por exemplo) e os motivos para adquirir um 4x4 integral ou permanente se tornam mais atraentes. Porém, se você deseja a segurança de saber que está sempre em 4x4, pronto para enfrentar qualquer terreno, então sua escolha tem de ser por 4x4 permanente

Jaguar Land Rover Limited: Registered Office: Abbey Road, Whitley, Coventry CV3 4LF Registered in England No: 1672070